Ser mãe é se sentir a pior mãe do mundo

PIOR MÃE DO MUNDO - MÃES REAIS - FOTOGRAFIA DE MÃE - MÃE E FILHOS

Ser mãe é se sentir a pior mãe do mundo de vez em quando.

Até hoje não conheci nenhuma mãe que um dia já não tivesse se sentido, mesmo que por alguns segundos, a pior mãe do mundo.

Nos sentirmos assim faz com que repensemos a forma como estamos criando nossos filhos, se somos mesmo “essa coca cola toda” como nos imaginamos.

E isso não é ruim, ao contrário eu acho ótimo, tudo que nos faça parar pra pensar na forma como estamos criando nossos filhos e vivendo nossas vidas é bom, todo mundo precisa parar e refletir de vez em quando. 

Se sentir a pior mãe do mundo não quer dizer realmente que você seja uma! Muitas vezes nos cobramos mais do que deveríamos. Primeiro você tem que saber que esse não é um sentimento exclusivo seu, muitas mães se sentem assim, então calma, e bem vinda ao clube.

Filhos caem, fazem birra, choram, ficam doentes e estamos aqui justamente para que nesses momentos possamos ensiná-los a se levantar, a se controlar, a se curar e a dar carinho.

Também estamos aqui para protegê-los e cuidar, porém temos sempre que nos lembrar: nossos filhos não são uma extensão do nosso corpo, somos duas pessoas diferentes, cada um com personalidade, vontades e desejos diferentes.

Então permita-se se perdoar, baixar a guarda e admitir que sim, você esta dando o seu melhor, e todos as manhãs você se levanta tentando ser uma mãe melhor!

Sim eu torço por mais, muito mais, piores mães como eu, e como você!

Que erra, aprende, e a cada fim de noite, aperta o botão “atualizar versão” para que no dia seguinte, seja uma mãe ainda mais incrível!

Beijos


Veja outros posts:

A intensidade da maternidade!
Ilustrações de uma maternidade bem real
Maternidade nada romântica
O lado A da maternidade
Real maternidade…


Siga o A Mãe Coruja no Instagram  para acompanhar diversas dicas: www.instagram.com/amaecoruja

Author: Débora Nunes

idealizadora do amaecoruja.com, 31 anos, mãe da Clara, do Caio, e da Olívia! Entusiasta da maternidade real acredita que toda mãe deve se dedicar aos seus filhos sem deixar seus demais papéis (mulher, profissional, esposa, amiga, filha...) de lado.

Share This Post On

Deixe uma resposta