E se o primeiro filho já nascesse sendo o segundo?

Ah se o primeiro filho já nascesse sendo o segundo, seria tudo tão mais fácil né?
Não compraríamos mil itens desnecessários.
Confiaríamos muito mais em nosso instinto.
Entenderíamos aquele chorinho do bebê, que só quer o aconchego do colinho da mãe.
Saberíamos que a casa pode ficar pra depois, mas os filhos não.
Pararíamos de nos preocupar tanto com as opiniões alheias.
Compreenderíamos que cada criança é única, e que as comparações são tão injustas.
Aprenderíamos que bebês choram, e que isso é normal.
Ahhh se o primeiro filho já nascesse sendo o segundo, passaríamos a valorizar cada minuto vivido o seu lado por saber que o tempo voa, um dia eles crescem, e vão embora.
Desfrutaríamos muito mais da maternidade, livre de tantos medos, pré-conceitos, imposições e teorias…

SEGUNDO FILHO - FILHOS-IRMÃOS

Caio e Olívia

 

Veja outros posts similares:

Eu confesso… {Crônicas Maternas}
Filhos, o melhor da vida {Crônicas Maternas}
Filhos te salvam… {Crônicas Maternas}
Mãe também é gente…{Crônicas Maternas}
O renascimento da mulher e o nascimento da mãe

 


Siga o A Mãe Coruja no Instagram para acompanhar diversas dicas e inspirações: www.instagram.com/amaecoruja

Author: Débora Nunes

idealizadora do amaecoruja.com, 31 anos, mãe da Clara, do Caio, e da Olívia! Entusiasta da maternidade real acredita que toda mãe deve se dedicar aos seus filhos sem deixar seus demais papéis (mulher, profissional, esposa, amiga, filha…) de lado.

Share This Post On

Deixe uma resposta