Endometriose: Causas, sintomas e tratamento

ENDOMETRIOSE - CAUSAS E SINTOMAS ENDOMETRIOSE - TRATAMENTO ENDOMETRIOSE

Saiba quais as principais causas e sintomas da endometriose. Essa doença que afeta 6 milhões de brasileiras

A Endometriose é uma doença bastante comum nas mulheres. Pra se ter ideia, existem estudos comandados pela a Associação Brasileira de Endometriose, comprovando que essa doença já afeta cerca de seis milhões de brasileiras, deixando 10% desse grupo estéril, ou seja, tornando a mulher infértil. Impressionante esses números, não?

O mais chocante nisso tudo é a dificuldade que as mulheres enfrentam para conseguir diagnosticar a doença. Os exames são bem caros e raros os postos de saúde que o realizam gratuitamente.

Por isso, é bastante importante conhecer quais os sinais e as causas da Endometriose, para que assim, possa-se evitá-la, ou pelo menos, minimiza-la. Além do dano principal, que é a infertilidade, hemorragias são comuns no período menstrual e para que as mulheres não sofram tanto com esse dano, é importantíssimo reconhecer cada sintoma afim de buscar auxílio médico.

Quer saber quais as causas da Endometriose? Então, acompanhe o nosso texto até o final e descubra quais os motivos que levam uma mulher a ter Endometriose e como lidar com essa condição.

Crescimento de células embrionárias

Um primeiro fator que pode levar a aparecer a Endometriose, é o crescimento exagerado de células embrionárias. Isso pode fazer com que o endotélio, que é a camada de pele que reveste o útero, acabe se expandido demais e ocupe outros lugares que não seja o útero, como a vagina e o canal urinário, causando assim a Endometriose.

Fatores genéticos

Outra causa da Endometriose estudada pelos cientistas e médicos, é o quanto o fator genético influencia no aparecimento dessa doença. Estudos recentes concluem que filhas de mães que apresentam a Endometriose tem maiores chances de também desenvolverem a doença. O período fértil e o ciclo menstrual também costuma apresentar comportamento semelhante.

Isso ocorre, pois, as células embrionárias dessas filhas já possuem uma tendência natural de crescer e se desenvolver além do que é o adequado, causando a Endometriose e podem levar a sérias consequências senão tratada.

Tratamentos eficazes e prevenção

Existem diversos tipos de tratamento para a Endometriose, desde pílulas até procedimentos cirúrgicos.

A Laparoscopia é o método cirúrgico mais eficaz atualmente para o tratamento da endometriose. Pouco invasivo e muito preciso, o método é feito por meio de três incisões onde o médico poderá remover a parte do tecido afetada. O método só pode ser feito quando a doença ainda não se alastrou. Nesse caso, é sugerido apenas o uso de medicação afim de conter o avanço da mesma.

As pílulas anticoncepcionais juntamente com o DIU são uma forma alternativa de tratamento, não sendo tão eficazes e definitiva como a laparoscopia porém conseguem estagnar a doença.

Chegamos a conclusão que a prevenção ainda é valiosa se pensarmos que quanto antes descoberta, menores são os riscos da endometriose se tornar algo maior e ainda te tornar infértil. Logo, preste atenção nos sinais do seu corpo e busque auxílio médico.

E você, já conhece alguém que teve Endometriose? O que acha das causas dessa doença? Deixe o seu comentário nos campos abaixo e venha fazer esse post junto com a gente.

Post Colaborativo Dra. Denise Coelho – Ginecologista

Author: Texto Colaborativo

Textos colaborativos escritos por colunistas e leitoras. Participe também enviando seu texto para debora@amaecoruja.com .

Share This Post On

Deixe uma resposta