Home | Sobre o Blog | Na Midia | Contato

Low/No Poo para crianças

CACHEADAS LOW POO

Como iniciar o Low/No Poo em crianças

Já faz algum tempo que prometi vir falar um pouco mais sobre a técnica de Low/No Poo para crianças. Faço Low Poo nos meus cabelos e nos cachos da Clara, e enfim hoje consegui fazer um post pra falar mais sobre isso.

Primeiro de tudo, você sabe o que significa Low/No Poo?
Low/No Poo (que em inglês significa pouco/sem shampoo) consiste basicamente em usar produtos pouco agressivos para os cabelos, ou sendo mais clara, produtos sem algumas substâncias, esses produtos vão ajudar os cabelos a ficarem limpos e saudáveis de forma mais natural.

Que substâncias são essas Débora e porque elas são agressivas?
As substâncias que falamos acima são os sulfatos e petrolatos (entenda o que são sulfatos e petrolatos, e o que eles fazem com os cabelos). Esses produtos ao longo do tempo vão tirando a proteção natural dos fios. Inicialmente eles dão uma falsa ilusão de que os fios estão lindos e macios, mas o uso excessivo dos sulfatos e petrolatos viciam os cabelos, fazendo com que eles percam sua reposição nutricional natural, causando também o entupimento dos poros, o que dificulta o crescimento dos cabelos.

Então o Low/No Poo quer dizer que você vai usar produtos para os cabelos que não contenham petrolatos e sulfatos, tratando os fios de forma mais completa e natural, sem mascarar a saúde dos seus cabelos. Ambas as técnicas foram criadas por Lorraine Massey, e publicada em seu livro Curly Girl ou em português O Manual da Garota Cacheada. Lorraine sugere em seu livro a utilização de pouco shampoo (Low Poo), ou abolir o uso completo deles (No Poo).

Confesso que depois de estudar a técnica e começar a usar nos meus cabelos e nos cabelos da Clara pude ver muita diferença, como estou fazendo transição e meus cachos estão retornando aos pouquinhos, nos cabelos da Clara a diferença é notável e muita gente fica completamente encantada com os cachinhos dela.

Clara Antes e Depois

Os cachos ficaram muito mais definidos, o frizz diminuiu e até a cor deu uma clareada. Então se você está se perguntando como começar a aplicar a técnica com seus filhos, vou explicar direitinho.

Antes de começar a usar a técnica de Low/No Poo você deve lavar uma última vez os cabelos com um shampoo que contenha sulfato. O sulfato vai ajudar a remover os silicones insolúveis ou petrolatos que existem nos fios. Depois dos fios lavados você deve começar a usar só produtos liberados para a técnica escolhida, seja ela Low ou No Poo (farei um outro post só sobre produtos liberados para vocês) . Após a ultima lavagem com shampoo contendo sulfato você deve condicionar os cabelos com o condicionador e finalizar com produtos escolhidos e liberados.

Não vou entrar aqui em muitos detalhes sobre o No Poo, pois não é a técnica que uso com a Clara e conheço apenas superficialmente, mas já adianto que se você optar por fazer o No Poo deverá cortar o uso de shampoos e lavar os cabelos apenas com Co-Whash.

Veja aqui uma listinha dos sulfatos e petrolatos proibidos:

SULFATOS PROIBIDOS PARA LOW POO

 

PETROLATOS PROIBIDOS PARA LOW POO

Pra facilitar sua vida, salve essa fotinho no seu celular e leve com você na hora de fazer a compra dos produtos. E vale lembrar aqui também que o Low/No Poo não é só para cacheadas não ta? Para qualquer tipo de cabelo.

Se tiverem alguma dúvida, deixem aqui nos comentários que farei um post respondendo todas.

Bom gente é isso, espero que tenha ajudado vocês a esclarecer algumas dúvidas, em breve também falo um pouco mais sobre os produtos, cronograma capilar e cuidados especiais que devemos ter com cabelos cacheados. Sabia que até pra cortar o cabelo cacheado é diferente do liso? Pois é, cabelos cacheados devem ser cortados secos por causa do fator encolhimento e volume. O corte a seco mostra o real cumprimento do cabelo facilitando o planejamento e visualização do corte. Além do que o corte a seco ajuda a amenizar o volume, dá mais leveza pro fios e movimento.

Legal né?

Beijos

Autor (a): Débora Nunes

idealizadora do amaecoruja.com, 30 anos, mãe da Clara, do Caio e agora grávida da Olívia! Entusiasta da maternidade real acredita que toda mãe deve se dedicar aos seus filhos sem deixar seus demais papéis (mulher, profissional, esposa, amiga, filha...) de lado.

Deixe uma resposta