5 razões para não pegar nas mãos do bebê

MÃO DE BEBÊ NÃO SE PEGA - NÃO PEGAR NAS MÃOS DO BEBÊ - BEBÊ - MÃOS DO BEBÊ

Porque não pegar nas mãos do bebê?

Sempre ouvimos falar por ai: “Em mão de bebê não se pega“, e por mais que isso até já tenha virado campanha em blogs, sites, redes sociais e até do ministério da saúde, ainda vemos aos montes milhares de pessoas correndo pra segurar as mãozinhas pequenas dos bebês e muitas vezes até beija-las.

Algumas pessoas chamam isso de loucura, mas nada mais é que puro cuidado com a saúde dos pequenos, ainda mais em uma época que os vírus e bactérias surgem e se proliferam de uma forma absurda.

Mas se você ainda acha que essa história de não pegar na mão do bebê é pura paranóia e balela, te dou abaixo, 5 razões para que você pare de fazer isso:

  1. As mãos humanas são uma das principais vias de transmissão de germes e microrganismos em geral;
  2. Bebês (se forem prematuros ainda mais) não possuem a mesma imunidade de um adulto, o que facilita a contaminação por vírus e bactérias;
  3. Bebês levam constantemente as mãozinhas (que você adora pegar e beijar com suas mãos e saliva cheias de bactérias) a boca, já imaginou que ao fazer isso você pode estar contaminando ele?
  4. Olhos e nariz também são uma grande porta de entrada para germes e microorganismos, então mesmo que o bebê não coloque as mãozinhas na boca, podem ser contaminados se colocarem as mãozinhas nos olhos ou até no nariz.
  5. Como você reagiria se estivesse em uma festa e de repente o moço que trabalha no RH da sua empresa (e que você só conhece de vista) chegasse em você, desse um oi, e pegasse na suas mãos, pior, beijasse suas mãos? Não seria legal né? Então, respeite as crianças, além de todas as razões cientificas para não se pegar em mãos de bebês, ainda existe o respeito pelo corpo do outro.

Viram só como é importante que saibamos porque não pegar nas mãos dos bebês? Muitas vezes esquecemos que acabamos de contar dinheiro (objeto mais sujo do mundo) ou de coçar o nariz, esquecemos que podemos estar transmitindo a serem tão pequenininhos e indefesos uma série de doenças como: resfriados, gripes, conjuntivite, erupções na pele, diarreia, hepatite e infecções respiratórias.

Espero que agora você tenha se convencido de que em mãos de bebê não se pega né?

Beijos e compartilhem!

Author: Débora Nunes

idealizadora do amaecoruja.com, 31 anos, mãe da Clara, do Caio, e da Olívia! Entusiasta da maternidade real acredita que toda mãe deve se dedicar aos seus filhos sem deixar seus demais papéis (mulher, profissional, esposa, amiga, filha…) de lado.

Share This Post On

Deixe uma resposta