5 dicas para escolher o nome do bebê

Débora 2A escolha do nome do bebê é uma decisão muito difícil e importante para o novos pais, ainda mais com tantas opções lindas e significados inspiradores que cada nome tem.  Muitos pais, com grande desejo de escolher algo único e original para o filho, acabam sendo dominados pela insegurança e não conseguem decidir. Sem contar os palpites que começam a surgir de todos os lados.

Você vai notar (ou já deve ter notado) que depois que engravidamos, palpites brotam até do buraco da tomada, e são sobre tudo: fraldas, enxoval, tipo de parto, amamentação e até sobre o melhor tipo de pomada para prevenção de assaduras. E esta aí uma coisa que também foi complicado escolher por aqui, a pomada antiassaduras do bebê. Ouvi tantas opiniões, testei quase todas que existem no mercado, mas nenhuma me deixou mais segura e agradou tanto ao bumbum das crianças como Bepantol Baby. Pra vocês terem uma ideia, eles nunca tiveram assaduras severas, nem durante o período de nascimento dos dentinhos, quando acabam ficando com diarreia. Bepantol Baby possui lanolina, que forma uma barreira protetora transparente no bumbum, fazendo com que o bebê fique muito mais protegido.

E para te ajudar com os palpites meu conselho é: se informe sobre tudo, saiba o que anda acontecendo com você e com o seu bebê, para isso existe o Mês a Mês no site de Bepantol Baby, que possui conteúdos diversos desenvolvidos especialmente para as mães. Lá você vai conseguir tirar muitas dúvidas e acompanhar o desenvolvimento do bebê a cada mês passado.

Agora, voltemos para a escolha do nome do bebê. Sabendo da grande importância que o nome terá na vida do seu filho, reuni algumas dicas que me ajudaram na hora de escolher o nome das crianças e que vão te ajudar também nesta tarefa nada fácil, mas muito prazerosa. Depois disso tenho certeza que vocês vão encontrar o nome ideal para seu bebê.

  1. É uma decisão para a vida inteira – não se esqueça que seu filho levará esse nome por toda a vida, então na hora de escolher leve seu bebê em consideração, tire da sua lista nomes que poderão constranger seu filho no futuro ou com apelidos estranhos, não se esqueça que o nome é o que causará a primeira impressão nas pessoas.
  2. Significado especial – Escolha algo especial, que represente todo amor, carinho e luz que seu bebê trará para a vida de vocês.
  3. Pronuncia – Pronuncie o nome escolhido incluindo todo o sobrenome em voz alta, desta forma você terá certeza ou não se realmente este é o nome que vocês desejam que o bebê tenha.
  4. Faça uma lista com os preferidos – fazer uma listinha é um ótima opção, assim no decorrer da gravidez vocês podem ir eliminando ou acrescentando mais alguns nomes. Uma ideia bacana é que você e seu marido façam listinhas separadas, depois sentem-se juntos e eliminem os que não gostarem da listinha um do outro, por fim junte os nomes que sobraram das duas listas e decidam juntos qual o preferido de ambos.
  5. Grafia – cuidado na hora de escolher a grafia do nome do seu filho, se lembre que ele pode crescer tendo que soletrar o nome para que as pessoas saibam como se escreve. Então opte por grafias simples, muitas vezes a tentativa de fazer com que o nome soe único e original pode se tornar bem chato, afinal seu filho pode achar muito cansativo ter sempre que se apresentar como Julianna com dois “enes” ou Gabryelle com y e com dois “éles”.

Muitos pais desistem dos nomes escolhidos devido a sua grande popularização, e eu confesso que isso não me incomoda em nada, pois nomes entram e saem de moda. Aqui temos uma Clara e um Caio, hoje esses nomes aparecem entre os 100 mais usados no Brasil em 2015, um pouco depois da nossa escolha por Clara, Mariana Ximenes interpretou uma Clara na novela das nove, o que fez o nome começar a se popularizar. E Caio escolhemos desde a minha primeira gravidez, 5 anos atrás, o nome ficou popular depois que o ator Caio Castro interpretou o Drº Michel Gusmão na novela Amor a Vida.

Por mais incrível que pareça celebridades influenciam muito na popularização dos nomes. Então minha sugestão é: não ligue para isso. Escolha o nome do seu filho de acordo com o que seu coração mandar, não importa se é o mais popular da lista ou não, importante mesmo é vocês estarem feliz por enfim terem dado um nome a pessoinha mais importante das suas vidas.

Beijos

Texto Publieditorial – este post foi patrocinado por uma empresa que o A Mãe Coruja confia e acredita no nosso trabalho.

 MAP: L.BR.MKT.03.2016.4810.

Author: Débora Nunes

idealizadora do amaecoruja.com, 31 anos, mãe da Clara, do Caio, e da Olívia! Entusiasta da maternidade real acredita que toda mãe deve se dedicar aos seus filhos sem deixar seus demais papéis (mulher, profissional, esposa, amiga, filha...) de lado.

Share This Post On

Deixe uma resposta