Baby Blues – Tristeza após o parto

Baby Blues – Tristeza após o parto

BABY BLUES - DEPRESSÃO PÓS PARTO - PÓS PARTO - MATERNIDADE
Baby Blues ou Depressão Pós Parto

Logo após o nascimento da Clara e do Caio um sentimento de tristeza, melancolia e ansiedade tomou conta de mim, o que eu não sabia nessa época é que esse sentimento tinha um nome: Baby Blues e que era muito mais comum entre as mulheres do que eu imaginava, cerca de 50% á 80% das mulheres são acometidas por esse tal baby blues.

Após o nascimento de um filho, todos ao redor esperam ver a mulher sorrindo, completamente extasiada com o nascimento do pequeno, mas esquecem que ela acabou de passar por uma enorme mudança. Mesmo carregando um bebê durante 40 semanas e se preparando psicologicamente para o parto, o corpo da mulher se sente fragilizado após o nascimento do filho, é como se estivesse de luto por ter perdido uma parte sua.

E não apenas o corpo se sente fragilizado, mas também o psíquico da mulher ainda esta confuso, ela sabe que é mãe, mas ainda não sabe como agir, tem medos, não se sente a mesma de antes  (porque realmente não é), então um sentimento de melancolia pode tomar conta dela, isso acontece normalmente após 3º ou 5º dia do nascimento do bebê, e ai a mulher ainda se sente culpada por ter esses sentimento ou acha que esta doente por não conseguir se sentir completamente feliz no momento que é para ser o mais feliz da sua vida.

O Baby Blues é um termo usado pelos médicos para definir esse sentimento de tristeza, melancolia, medo e ansiedade que se abate sobre a nova mãe. Ele é definido como uma melancolia pós parto, que pode durar alguns dias, neste período a mulher pode chorar com mais frequência, ter alteração no humor e as vezes até alteração de apetite.

É importante lembrar que esse período de baby blues dura apenas alguns dias e vai embora de forma totalmente espontânea e se mesmo depois de algumas semanas o sentimento de melancolia e tristeza continuar, procure um médico, pois os sintomas da depressão pós-parto são semelhantes ao do baby blues, a grande diferença é que a depressão pós-parto deve ser tratada e acompanhada por um especialista enquanto o baby blues vai embora de forma natural.

Ainda não se sabe qual a principal causa do baby blues, mas acredita-se que a rápida alteração dos níveis hormonais pós parto seja uma das principais causas. Seria muita sorte mesmo sair ilesa depois de carregar outra vida dentro de de nós durante 40 semanas não é?

Acredita-se também que o baby blues é uma forma do nosso corpo se despedir da gestação, a mulher passa a compreender o tamanho da sua responsabilidade o que gera stress, incertezas e inseguranças. Os principais sintomas do baby blues são: choro, impaciência, tristeza, irritabilidade, fadiga, insônia e variações de humor.

Salientando mais uma vez que os sintomas duram por volta de 14 dias e devem ir embora naturalmente, neste momento de maior fragilidade é importante que a família e amigos estejam do lado da nova mãe, apoiando, compreendendo, dando amor e principalmente ajudando.

Me lembro de quando estava passando pelo baby blues no pós parto do Caio, o marido estava sempre ao meu lado, sempre me perguntando seu eu estava bem, o que eu estava sentindo, e olha que nesse período nem eu mesma sabia identificar esse sentimento de melancolia que tinha me acometido. Mas o apoio dele foi fundamental para que eu passasse de forma mais tranquila por ele.

Se você esta passando por isso, peça a ajuda do seu marido, explique pra ele o quão fragilizada se sente nesse momento e que ele deve ser seu suporte neste momento.

Beijos

Author: Débora Nunes

idealizadora do amaecoruja.com, 31 anos, mãe da Clara, do Caio, e da Olívia! Entusiasta da maternidade real acredita que toda mãe deve se dedicar aos seus filhos sem deixar seus demais papéis (mulher, profissional, esposa, amiga, filha...) de lado.

Share This Post On

Deixe uma resposta